Fernanda Machado, a Laís de " Cara e Bocas" conta a história de Flordelis

Fernanda Machado conta a história de Flordelis A ex-professora, de 48 anos de idade, criada na favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, tem 50 filhos. A atriz Fernanda Machado, a Laís de "Caras e Bocas", foi convidada pelo Fantástico para mostrar o trabalho de uma mulher que é um exemplo de superação e de solidariedade. É a Flordelis dos Santos, uma ex-professora, de 48 anos de idade, criada na Favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, e que tem 50 filhos. São quatro biológicos e 46 adotados. A vida dessa mulher acaba de virar filme. Flordelis, o marido Anderson e os 50 filhos moram há um ano e meio em uma casa em Niterói, no Rio de Janeiro. O aluguel é pago por dois empresários, sensibilizados pela luta dessa mãe coragem. Há 18 anos, quando ainda morava numa favela, Flor começou a adotar adolescentes envolvidos com drogas e crianças abandonadas pelos pais. “Na comunidade, eu comecei a ver um monte de coisas difíceis acontecendo e o que mais me despertou foi a reação das mães. As mães sofrem muito quando os filhos entram para o tráfico. Muitas se dão por vencidas, ficam cansadas de lutar e acabam desistindo. Eu decidi sair na comunidade atrás dos meninos viciados”, conta Flordelis. Em uma única noite, em 1994, depois de uma chacina na Central do Brasil, ela recolheu e levou para casa 37 crianças: “Catorze eram bebês, na faixa etária de um mês a 3 meses de idade”. Foram muitas as dificuldades de Flordelis para manter a guarda de tantos filhos adotados. Em 1995, enfrentou oito processos do Juizado de Menores. "Eu decidi enfrentar tudo e todos. Só que eu tive que fugir, porque tinha um mandado de busca e apreensão das crianças e prisão se eu não acatasse a ordem”, lembra Flordelis dos Santos. Passou quase um ano escondida com os filhos: a cada três meses, tinha que mudar de endereço. “Foi quando eu saí em todos os jornais como sendo sequestradora de crianças. Jornais bem grande: ‘Procura-se Flordelis. Mulher desaparece com 43 crianças’”, diz Flordelis dos Santos. A batalha desta mulher é o tema de um filme que estreou esta semana em todo o Brasil: “Flordelis - basta uma palavra para mudar", dirigido por Marco Antonio Ferraz e Anderson Corrêa. Artistas famosos ficaram tão comovidos com a história dessa mulher que se ofereceram para participar do filme sem nenhuma remuneração. É o caso de Letícia Spiller, que faz o papel de Vanessa dos Santos, uma das filhas de Flor, que morreu da aids em 2007, com apenas 19 anos. “Minha filha, um dia antes de morrer, num momento que ela estava já terminal, eu fui ao hospital, correndo, às pressas, quando eu cheguei lá, fiz carinho nela, ela me pediu para cantar. Eu cantei para ela. Ela não estava falando mais e conseguiu gritar. Deu um grito, depois que já estava sem força para falar, e disse: ‘Mãe, não esquece que eu te amo’. Ela conseguiu gritar três vezes que me amava. Eu fiquei com essa imagem da minha filha, dizendo que me amava. Eu sei que eu fiz o meu papel como mãe, porque ela morreu me amando”, avalia Flordelis.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda Toque no Altar

Daniel Carvalho (Scooby) Ex Toque no Altar , Raiz Coral se Prepara para um Novo CD solo

Radios do Rio de Janeiro

FEST GOSPEL - 2011

"PENTECOSTAL" O NOVO CD DE ROBSON NASCIMENTO

“Festa de Casimiro de Abreu” com Toque no Altar

Irmão Lázaro faz Live na web e lança projeto em vídeo

Lázaro e PG no Ministério Apascentar de Nova Iguaçu