10 passos para você tomar coragem e empreender


Empreender não é fácil. Entre a ideia inicial e a inauguração de um negócio, há vários obstáculos, que podem tornar o processo de criação longo. “O tempo de abertura varia muito, mas pode levar de seis meses a um ano, dependendo da atividade da empresa”, afirma Marcelo Nakagawa, professor de empreendedorismo do Insper. Se o negócio exigir um protótipo, por exemplo, prepare-se para um prazo mais próximo dos 12 meses. Se o projeto for virtual, esse tempo pode ser menor.

É necessário ter coragem para empreender, não importa o tipo do negócio. Qualquer obstáculo pode ser encarado como um empecilho para não agir. Já pensou que um futuro brilhante pode escapar de suas mãos por causa de uma desculpa esfarrapada?

Para ajudar empreendedores a tomar coragem e realizar seus sonhos, o professor Nakagawa enumera algumas dicas importantes. Fique atento:

– Misture-se a outros empreendedores: Há encontros de empreendedorismo em muitas cidades. Essas reuniões são essenciais tanto para quem já tem um negócio quanto para os que procuram inspiração para abrir uma empresa. É nelas que você poderá encontrar sócios, parceiros e clientes, além de ouvir histórias de sucesso e fracassos – essenciais para quem está no começo.
– Aprenda a planejar o negócio: Para fazer isso, há duas formas principais, uma para negócios tradicionais (offline) e outra para os digitais. Se sua empresa oferece um produto ou serviço que já existe, comece traçando um plano de negócios. Com ele tudo ficará mais claro. Se o negócio for virtual, será preciso iniciar por uma forma simplificada do que você pretende oferecer. Assim será possível sentir o mercado e planejar, testando diretamente o protótipo (ou a fase beta do negócio). Dessa forma mais interativa também será possível receber mais retorno de clientes e usuários do produto ou serviço.
– Busque o sócio ideal: normalmente, toda empresa tem pessoas com duas competências: fazer e vender. Antes de abrir um negócio, tenha claro se você é do time dos que fazem ou dos que vendem. Idealmente, toda empresa tem pelo menos dois sócios, cada um com sua característica principal. Dividir as tarefas é importante para fazer o negócio engrenar. Se você acumular as duas funções, sua vida pessoal irá se tornar um caos, especialmente se você usar o dia para vender a ideia e a noite para realizá-la. Encontre pessoas com capacidades complementares às suas. O início do processo de empreender é estafante e requer muita dedicação.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda Toque no Altar

Daniel Carvalho (Scooby) Ex Toque no Altar , Raiz Coral se Prepara para um Novo CD solo

Radios do Rio de Janeiro

FEST GOSPEL - 2011

"PENTECOSTAL" O NOVO CD DE ROBSON NASCIMENTO

“Festa de Casimiro de Abreu” com Toque no Altar

Irmão Lázaro faz Live na web e lança projeto em vídeo

Lázaro e PG no Ministério Apascentar de Nova Iguaçu