A CORAGEM DA PACIÊNCIA




"A paciência é amarga, mas o seu fruto é doce". (Jean-Jacques Rousseau)
 
A paciência é uma disposição dos corajosos.
Precisamos de paciência para realizar. Precisamos desejar, programar, agir e esperar. As melhores coisas demoram para chegar. Se não esperamos pelos resultados, não vemos os resultados. Sem paciência, não agimos como devemos. A impaciência é mãe da precipitação, que é uma garantia para a frustração. A paciência mantém o foco na esperança.
Precisamos de paciência para aprender. O conhecimento pode ser adquirido com velocidade maior ou menor, mas o processo é o mesmo: acúmulo. Geralmente, começamos com as coisas simples e vamos agregando informações e equações mais complexas. Os impacientes não aprendem. Os impacientes são superficiais. Os impacientes julgam errado.
Precisamos de paciência para crescer. Em todas as áreas, sobretudo no mundo do trabalho, precisamos de paciência para dominar habilidades e postos. O reconhecimento vem com o tempo.  Os rápidos podem até brilhar, mas não se firmam. Os que crescem devagar, um passo de cada vez, saboreiam as melhores vitórias.
Precisamos de paciência para amar. Amor é convívio. No convívio, conhecemos os outros, que são diferentes de nós no ritmo com que fazem as coisas, no modo como pensam, no estilo em que reagem aos eventos. O amor precisa do convívio para se solidificar. A solidez no amor, seja conjugal, filial ou fraternal, é filha do tempo.
A paciência é vizinha da humildade, esta que nos diz que somos todos iguais.


Desejo-lhe um BOM DIA.
Israel Belo de Azevedo
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda Toque no Altar

Daniel Carvalho (Scooby) Ex Toque no Altar , Raiz Coral se Prepara para um Novo CD solo

Radios do Rio de Janeiro

FEST GOSPEL - 2011

"PENTECOSTAL" O NOVO CD DE ROBSON NASCIMENTO

“Festa de Casimiro de Abreu” com Toque no Altar

Irmão Lázaro faz Live na web e lança projeto em vídeo

Lázaro e PG no Ministério Apascentar de Nova Iguaçu