A VOZ


"Sim, eu vi o relâmpago cair. Ouvi o trovão ribombar. Senti ondas de pecado se quebrando, tentando conquistar a minha alma. Mas ouvi a voz de Jesus me dizendo para continuar a luta. Ele prometeu nunca me abandonar, nunca me deixar sozinho". (Martin Luther King Jr)

A voz
Quando a tempestade, anunciada ou de surpresa, faz que nosso barco pareça de papel, como folha que voa, há uma voz que a domina. E não é a nossa.
Quando a escuridão se torna tão densa que nos impede de enxergar horizonte algum na estrada a ser percorrida, há uma voz que dissipa as trevas. E não é a  nossa.
Quando a dúvida, num processo que se iniciou sem que percebêssemos, torna incerto o que era certeza, inseguro o que era firme, há uma voz que reilumina a fé. E não é a nossa.
Quando o rancor, como uma semente que cresce na calçada interior do nosso coração, está pronto para se tornar árvore de sombras, há uma voz que o apaga. E não é a nossa.
Quando o cansaço nos encurva o corpo, confunde o nosso sonho, recolhe o nosso pé desde a manhã, nega-nos o desejo pelo novo, há uma voz que restabelece o vigor. E não é a nossa.
Quando a tristeza nos cerca e nos conduz ao desânimo, ao desespero ou à depressão, furtando dos nossos olhos a alegria de ver, há uma voz que nos faz viver de novo. E não é a nossa.
Há uma voz que cala o vento.
Há uma voz que fala à noite.
Há uma voz que incendeia a fé.
Há uma voz que semeia o perdão.
Há uma voz que renova a força.
Há uma voz que prova a esperança.
A voz que traz a calma, mesmo que seja forte a tempestade dentro da alma; gera a manhã, mesmo quando a noite deseja fazer a nossa espera coisa vã; estilhaça a incerteza, mesmo que penetrada por palavra cheia de beleza; torna inútil o rancor, mesmo que gestado por imensa dor; faz de novo velozes os nossos movimentos, mesmo que os pés ainda sangrem pela lembrança dos ferimentos; escancara nossos olhos para a meta de uma vida novamente querida, é a voz de Jesus.



Desejo-lhe um BOM DIA.
Israel Belo de Azevedo

Jefter do Liberdade lança mais uma música Nova de 2016


Estou muito feliz porque sei que essa nova música fala de um Novo Tempo de um Novo Horizonte . Não tem idade e nem tempo de espera para Deus abençoar seus servos . A música é bem dançante com uma produção super atualizada . 
A questão não é fazer , a questão é continuar fazendo para abençoar pessoas .
Jefter

Agenda já está liberada para seu evento e Igreja .
(21) 99661-1326 - Jefter do Liberdade

AFINAL POSSO OU NÃO OUVIR MÚSICA DITA SECULAR? MÚSICA CRISTÃ...

Pra definirmos música cristã, primeiro precisamos definir algumas coisas em torno disso.


Segundo a teoria adotada por todas as grandes escolas de música, música é constituída em sua estrutura por três elementos básicos: Melodia, Ritmo e Harmonia. Isso é MÚSICA. Portanto Música em si não tem nada a ver com letra. A arte que se faz através da escrita chama-se LITERATURA - A Literatura é a arte de compor e expor escritos artísticos, em prosa ou em verso, de acordo com princípios teóricos e práticos; o exercício dessa arte ou da eloquência e poesia. A palavra Literatura vem do latim "litteris" que significa "Letras", e possivelmente uma tradução do grego "grammatikee". Em latim, literatura significa uma instrução ou um conjunto de saberes ou habilidades de escrever e ler bem, e se relaciona com as artes da gramática, da retórica e da poética. Por extensão, se refere especificamente à arte ou ofício de escrever de forma artística. Portanto, já começamos equivocados quando falamos de música e pensamos em letra.

 O grande Rei Davi quando escrevia seus poemas (salmos) os enviava ao mestre de música, provavelmente para que ele colocasse uma melodia e fizesse um arranjo. Música e Literatura são artes distintas e independentes. Nem todo músico lida bem com a escrita e nem todo escritor ou poeta lida bem com música. Davi lidava bem com a música e com a literatura, só que pelo visto não era muito bom em juntar uma coisa com a outra, daí enviava seus textos ao mestre de música. O que acontece é que ao longo de séculos essas duas artes caminham juntas e enriquecem uma a outra voltadas para o mesmo fim e em torno um mesmo objetivo. Aí é que está o problema, isso acontece tanto para o bem quanto para o mal. No meio evangélico é essencial que façamos uma boa junção entre essas artes para que o resultado final seja eficaz e atinja o objetivo final que é edificar, consolar, transformar e salvar vidas além, de louvar e adorar ao Senhor. E assim cumpramos o “ide pelo mundo e pregai o evangelho a toda criatura”. A bíblia está aí pra todos leem. Vamos estudar a palavras e pesquisar as coisas para quando falarmos a respeito de certos assuntos, falemos com precisão, com conteúdo e não por suposições superficiais, achismos e religiosidade ou preconceitos. 

Temos a mania de rotular as coisas, e de adotarmos o legalismo como bandeira de um cristianismo envolto num evangelho de conveniência, onde eu expulso o São Bernardo porque me incomoda pelo tamanho, pela sujeira que faz, mas convivo com o Yorksyre debaixo do braço. O S.Bernardo é o pecado de vitrine, de longe todo o mundo vê, e o Yorkshyre, é o pecado de estimação. A música cristã brasileira nunca foi tão rotulada, por ex. música pentecostal; as pessoas não sabem nem o que é pentecostes e rotulam uma música por causa do reteté. 

O termo “Pentecostes” se originou a partir do grego pentēkostḗ, que significa “quinquagésimo”, em referência aos 50 dias que se sucedem depois da Páscoa. Na Bíblia, a comemoração do Pentecostes é citada pela primeira vez no Atos dos Apóstolos 2, episódio que narra o momento em que os apóstolos de Cristo receberam os dons do Espírito Santo, logo após a subida de Jesus aos céus. Se adotarmos o termo original “pentecoste” como um estilo de música, indiretamente estaremos dizendo que as outras músicas cristãs não produzem a ação do ES nas pessoas. 
Profano é uma palavra classificada como adjetivo masculino que qualifica aquilo que é alheio à religião. Sua origem vem do latim pro = ante + fanum = templo. É tudo que transgride as regras sagradas.
Profano é aquilo que se torna contrário ao respeito devido às coisas divinas. Um indivíduo profano viola as regras sagradas, e faz uso exarcebado de práticas indignas e impuras.
"Eles (os sacerdotes) ensinarão ao meu povo a diferença entre o santo e o comum(profano) e lhe mostrarão como fazer distinção entre o puro e o impuro. Ezequiel" 44:23 Só que hoje Jesus é o nosso sumo sacerdote, portanto aprendamos com Ele!! O interessante nisso tudo é que as pessoas (evangélicos) adotaram o filme do Mel Gibson “A paixão de Cristo”. Se emocionaram, choraram... e realmente o filme é uma bênção. Eu sou uma dessas pessoas. 

Inclusive comprei o filme pra minha coleção. Muitas igrejas exibiram dentro do templo o referido filme. Só porque o filme fala de Cristo, logo não é profano... Agora será que posso tocar uma música secular que fale de Cristo dentro da igreja? Ah não? Ué... então as músicas seculares podem falar de Cristo o quanto for que continuam profanas? E o filme do Mel Gibson não? Isso não é um tanto contraditório? Ou seria preconceito? Portanto, quer saber se você pode ou não ouvir música secular, não pergunte a ninguém, porque você corre o risco do cara colocar o “achismo” pessoal dele na orientação como cristão. Leia a palavra e pergunte a Deus. E tenho certeza que você vai encontrar respostas de Deus e não do homem pra você! Me amarro nessa música “profana”: https://www.letras.mus.br/antonio-marcos/181247/ Porque ela tem muito mais de Cristo do que certas músicas ditas evangélicas por aí. 

Paz! Deus vos abençoe!
Fonte: Lenilton (Novo Som)

MÚSICA SACRA E MÚSICA PROFANA? LENILTON NOVO SOM


"Nem toda música secular é mundana e nem toda música evangélica é cristã”.


      Fonte : Lenilton - Compositor do Novo Som 
Não sei quem é o autor dessa pérola de frase, mas sem sombra de dúvidas ela traduz com muita propriedade o cenário musical atual. Eu diria o seguinte: Tudo o que Deus criou é bom, nós é quem destorcemos tudo! Um homem nasce assassino, estuprador, ladrão, alcoólatra? Desde quando o diabo criou (exceto a mentira) alguma coisa? Ouvimos músicas evangélicas que distorcem o evangelho, e ao mesmo tempo ouvimos músicas seculares com mensagens incríveis. O fato é, que música assim como todas as outras coisas é boa ou ruim. A música pode ser veículo de maldição assim como de bênção. Essa é a diferença que existe entre uma música e outra, Assim como existe na palavra que você pode proferir bençãos ou maldição, ou alguém conversa em salmos o dia inteiro? Onde existe uma só passagem na bíblia se referindo a música secular como pecado?

Ou você acha que no casamento que Jesus foi não havia música pra alegrar a festa? Até comida se você come-la estragada lhe faz mal, assim como água também. A diferença está no conteúdo. Ou alguém acha que o talento de um músico secular foi o capeta quem emprestou pra ele? Não é isso que ensina a bíblia. A bíblia diz que todas as coisas foram feitas por Ele e para Ele; "porquanto nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos ou dominações, sejam governos ou poderes, tudo foi criado por Ele e para Ele." Col. 1:16 


Ou seja, até o diabo foi criado por Deus, logo o que é de Deus e o que é do Diabo? VAMOS PARAR COM ESSA BOBAGEM DE SEGREGAR OS MÚSICOS NÃO EVANGÉLICOS, parar com essa dicotomia musical de acordo com os nossos interesses. parar de sustentar no seio da igreja um amuleto musical sagrado, onde nem todo conteúdo é cristão. Não existe escala musical santa e escala musical profana. Não existe DÓ santo e dó profano! Não existe melodia santa e melodia profana. O que existe é o mal uso de tudo isso , a distorção de tudo isso! 



Agora, assim como existe músicas seculares boas existem ruins, assim como existem músicas evangélicas boas como existem umas que são uma lástima! No final o que existe é MÚSICA BOA E MÚSICA RUIM e ponto!!! O que podemos fazer é separar o nosso melhor pra Deus, mas isso não é só na música, é em tudo o que fazemos, porque adoração, diferente do que muitos pensam, não é música, é um estilo de vida!! Finalizo deixando essa maravilha de música pra tornar seu dia , sua tarde ou sua noite um pouco melhor. YOU RAISE ME UP (VOCE ME ELEVA), com esse final apoteótico com esse coral Maravilhoso de arrepiar!! Assistam!! Me emociono todas as vezes que assisto... Uaaau!!! Deus vos abençoe! Paz!

Lenilton do Novo Som 

Notícias

Thiara Lopes - Bastidores da Gravação do Clipe "Canção dos Imperfeitos" ...

Pessoal dia 03 de Abril estréia mais um Clipe de Thiara Lopes " Canção dos Imperfeitos " . O clipe foi gravado em Israel ...

Saiba mais !